***

Teste Teste Teste

PARCEIRO

Leia BUSK BÍBLIA

PROVAS ARQUEOLÓGICAS DA AUTENTICIDADE DA BÍBLIA. O JARDIM DA TUMBA E OS MANUSCRITOS DE QUMRAN.



O JARDIM DA TUMBA EM JERUSALÉM

O imperador romano Constantino construiu a Igreja do Santo Sepulcro sobre o que se pensava ser o sepulcro de Jesus em 326 –335, perto do lugar do Calvário. A igreja está hoje dentro das muralhas da Cidade Antiga de Jerusalém, após a expansão feita por Herodes Agripa em 41-44. Pela igreja Católica principalmente é aceita Igreja do Santo Sepulcro como localização do Sepulcro de Jesus a pequena rocha dentro da igreja como o local exato do Monte Calvário, onde a cruz foi elevada para a crucificação de Jesus.

 FALE CONOSCO



Mas em 1842, Otto Theniu, de Dresden, estudou minuciosa e cuidadosamente  uma solitária colina cinzenta ao norte de Jerusalém, a um “tiro de pedra” do muro antigo, e a 213 metros por fora da porta de Damasco e afirmou que era o Gólgota. 

Disse que tradicionalmente esse era o lugar judaico dos apedrejamentos. Estava localizado fora da cidade e tinha a forma de uma caveira. 

Ao regressar ao seu hotel, comentou: “Hoje encontrei o lugar exato do Calvário.” O general Gordon escreveu à sua irmã e a outras pessoas acerca dessa possibilidade. 

Em seguida continuou a sua viagem e foi morto três anos mais tarde em Kartum, África. Lew Wallace, o capitão Conder e outros, pareciam estar de acordo com o ponto de vista de Gordon. Portanto, passado certo tempo, foi adquirida uma porção de terra a oeste da colina da caveira.


Durante as escavações os arqueólogos liderados por Lew Wallace e Conder encontraram um Jardim antigo, no qual havia uma tumba que tinha sido selada em outra oportunidade por uma pedra rolante. 
Algumas escavações nas proximidades descobriram outras tumbas cristãs da antiguidade. Em cada escavação ia se revelando achados arqueológicos que aproximavam cada vez mais o local e a tumba com os  o túmulo bíblico de José de Arimateia onde fora sepultado Jesus.





São vários os elementos encontrados que dão credibilidade a essa tumba como genuína: 
1º canteiros de pedra cuidadosamente localizados e vasos encontrados indicam que ela ficava numa área ajardinada, 

2º a própria tumba escavada na rocha; 

3º uma cruz vermelha antiga, numa parede interna da tumba, com as letras gregas Alfa e Ômega. 

uma antiga cisterna subterrânea; 

5º um grande lagar; 

6º, o “Lugar da Caveira”, 

7º a localização fora dos muros da Antiga Jerusalém.






Esta inscrição vermelha com as letras Alfa e Ômega encontrada no interior da gruta pelos arqueólogos coincide com os relatos do Apocalipse de João 22: 13. Uma grande cruz talhada na pedra próxima a gruta e virada para esta parece indicar que o local passou a ser venerado pelos cristãos primitivos quando a cruz passou a ser o simbolo do cristianismo durante algum tempo. 

Isso reforça a suspeita de que o local tenha sido enterrado propositalmente pelos cristãos judeus que estavam sendo perseguidos pelos romanos.





Um grupo de protestantes ingleses adquiriu o lugar, cercou a região e colocou um guarda na tumba. 

Atualmente, o local é conhecido como o Calvário e a Tumba do Jardim de Gordon. 

A tumba é totalmente destituída de decoração ou ostentação, e isso tem impressionado as pessoas que visitam o local. Nesse local têm sido realizadas muitas memoráveis celebrações de Páscoa. Moody e Talmage pregaram ali, e centenas de milhares de pessoas têm-se reunido respeitosamente nesse lugar, provenientes de todas as regiões da terra.


Naturalmente o Vaticano e os católicos por causa da Igreja do Santo Sepulcro se pronunciaram contra as evidências de ser este o provável túmulo de Jesus, e usam o fato de que o "Jardim da Tumba" remonta ao século VII a.C. , o que é exato segundo as provas arqueológicas; e a Bíblia relata que o túmulo utilizado para sepultar Cristo tinha sido mandado escavar recentemente na rocha por José de Arimatéia. 

Porém, o tipo de escavação encontrado em uma das câmaras do Túmulo do Jardim difere no modo de corte da 2º câmara. Este fato sugere que José de Arimatéia tenha mandado escavar esta segunda câmara especialmente para sepultar Jesus.






O Jardim da Tumba fica ao norte do Santo Sepulcro, localizado fora da atual Porta de Damasco.

A originalidade e simplicidade mantida no local do Jardim da Tumba remontando os tempos bíblicos, o estremo cuidado dos jardins com plantas e flores provavelmente utilizados pelos judeus da época, deixam os visitantes admirados e perplexos.






Este vídeo abaixo é a verdadeira história de Jesus Cristo há mais de dois mil anos nas cidades de Cafarnaum na Galileia, Nazaré e seus últimos anos em Jerusalém.

Só os salvos irão entender o que foi Sua vida, morte e ressurreição em Jerusalém:








OS MANUSCRITOS DO MAR MORTO






APÓCRIFOS... QUAL A UTILIDADE DELES?

A maior evidência histórica da autenticidade bíblica são os Manuscritos do Mar Morto. Os MM são uma grande quantidade de documentos encontrados em várias cavernas próximas ao Mar Morto, na Palestina. Foi provavelmente em 1947 que surgiram os primeiros deles numa caverna em Wadi Qumran, situada nas escarpas ocidentais do norte desse mar

Esse fato é, também, confirmado pelo pesquisador Hugh J. Schonfield, no livro A Bíblia Estava Certa – Novas Luzes Sobre o Novo Testamento. Ali, na página 39, o autor diz: “Quando os pergaminhos do Mar Morto foram desencavados de uma gruta em Khirbet Qumran, lá pelas margens do noroeste daquele mar, o primeiro de todos a ser desenrolado e examinado em Jerusalém, em 1948... era precisamente um dos livros, ou rolos, do profeta Isaías.





Perpassou por todo o orbe um calafrio ao fazer-se saber que esse manuscrito datava de cerca de 100 anos antes de Cristo. Era um milênio mais antigo do que qualquer cópia conhecida.” O manuscrito mais antigo, no entanto, é um fragmento do livro de Samuel, do ano 225 a.C., achado na caverna número 4.

A datação do edifício principal de Khirbet Qumran foi facilitada pelo fato de que muitas moedas foram ali achadas. Como de Vaux observou, “as datas são confirmadas [também] pela cerâmica em diferentes partes do edifício” (Citado por S. J. Schwantes, em Arqueologia, p. 135).











Yoash tablete, ou “estela de Joás” e o ossário de Santiago.


Outras descobertas arqueológicas nas terras de Jerusalém tem agitado o mundo da arqueologia e revelando que a Bíblia é sem sombras de dúvidas um documento autentico do mundo antigo. Recentemente descoberto em escavações o chamado Yoash tablete, ou “estela de Joás”, e o ossuário, que tem 50 centímetros de comprimento por 25 centímetros de altura e pesa 25 quilos com a frase “Santiago, filho de José, irmão de Jesus”,


Depois de um julgamento de mais de cinco anos com 138 testemunhas, mais de 400 exposições e uma transcrição do julgamento de 12.000 páginas, o Juiz Aharon Farkash do Tribunal Distrital de Jerusalém inocentou os réus de todas as acusações de falsificação. Sua opinião no caso, proferido em 14 de Março, tem 474 páginas.
Os acusados Oded Golan e Robert Deutsch foram inocentados de todas as acusações de falsificação.


Golan já colocou o ossuário em exposição em museus. São 10 anos de disputa nos tribunais, um processo que inclui 12 mil páginas de documentos e foram mais de 100 audiências. O veredito final causou um grande impacto na comunidade arqueológica mundial.


Por fora da caixa há uma gravura com a frase “Santiago, filho de José, irmão de Jesus”, o que pode fazer com que este seja o registro mais antigo com o nome de Jesus.


Mas a principal disputa entre o governo Israilense, o colecionador de antiguidades Golan e os arqueólogos e cientistas que reividicam a posse dos achados é pela chamada Yoash tablete, ou “estela de Joás”, uma pedra com o tamanho de um caderno escolar. Suas quinze linhas descrevem os planos do rei Joás para a reforma do Templo de Salomão. A narrativa confirma o que está no capítulo 12 do Segundo Livro dos Reis, no Antigo Testamento.


Se nos tribunais o processo se encerrou, na comunidade científica, a controvérsia continua longe de uma solução definitiva. Os primeiros testes mostraram que a inscrição datava do século IX a.C., o que coincidiria com o reinado de Joás. Também indicaram a presença de salpicos de ouro fundido na superfície da pedra, que poderiam ter sido causados por um incêndio, como o que destruiu o Templo de Salomão, em 586 a.C.





A disputa sobre a existência do Primeiro Templo de Salomão no monte Sião envolve um conflito secular com os muçulmanos, pois no local atualmente está o Domo da Rocha, reverenciado pelo Islã. O Muro das Lamentações, logo ao lado é tudo que restou do Segundo Templo, construído por Herodes durante a ocupação romana da região.

O principal problema na questão do ossuário, que tem 50 centímetros de comprimento por 25 centímetros de altura e pesa 25 quilos, é a implicação religiosa. Para os judeus seria embaraçoso admitir que realmente existiu o Jesus descrito na Bíblia. E para o Vaticano admitir que Jesus teve irmãos consanguíneos seria embaraçoso. Já para os evangélicos é um fato que Jesus teve irmãos consanguíneos e que Maria fora virgem somente quanto ao nascimento de Jesus.



As discussões sobre o reconhecimento público envolveram cerca de 200 especialistas no julgamento que se desenrola desde 2005. A participação de peritos em testes de carbono-14, arqueologia, história bíblica, paleografia (análise do estilo da escrita da época), geologia, biologia e microscopia transformou o tribunal israelense em um palco de seminário de doutorado. Com informações Isto É, Fox News e Discovery.

Por: Natasha Costa Silva
Fontes: Isso é Hebraico ;  DavarElohim.Com.br ; Biblical Archaeology Society ; Free E-books ; Bíblia Almeida Fiel e CorrigidaArqueologia Bíblica Criacionisco.Com.brWIKIPÉDIA A enciclopédia livre; Olharprofetico.com.br; Pensamento Cristão Essencial; Estudos Bíblicos UltimatoPrograma Vejam Só.
                                          







← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

***

*******

 Ultimato Estudos Bíblicos Aprofundados.

CURTIR

Total de visualizações

FILME: O FILHO DE DEUS. COMPLETO E EM BR

  Filme "O Filho de Deus". Completo e dublado.

GRAÇA OU CARIDADE: QUAL A SUA ESCOLHA?

 O AMOR DO APÓSTOLO JOÃO NA ILHA DE PATMOS.

COMO SERÁ A NOVA TERRA NA ETERNIDADE?

 A BÍBLIA DIZ COMO SERÁ A NOVA TERRA NA ETERNIDADE?

PASSEIO VIRTUAL POR JERUSALÉM.

 PASSEIO VIRTUAL POR JERUSALÉM.

AS 2 FORMAS DE MILÊNIO: VC CRÊ EM QUAL?

 AS DUAS FORMAS DE MILÊNIO: EM QUAL VOCÊ ACREDITA?

ASSEMBLEIA DE DEUS ENSINA SOBRE O CÉU

 O QUE AS ASSEMBLEIA DE DEUS ENSINAM SOBRE OS CÉUS R O PARAÍSO?

DENÚNCIAS CONTRA IGREJAS? POR QUÊ?

 POE QUE PASTORES DE RENOME ESTÃO DENUNCIANDO OUTRA IGREJAS?

REAL: A MENINA QUE VISITOU O PARAÍSO

 A INCRÍVEL HISTÓRIA DE ANNABEL, A MENINA QUE VISITOU O PARAÍSO DE DEUS.

A HISTÓRIA DE SATANÁS E OS ANJOS CAÍDOS

 SATANÁS E SEUS ANJOS CAÍDOS AINDA TÊM ACESSO AOS CÉUS DE DEUS?

A TUMBA DO JARDIM EM JERUSALÉM..

 O IMPRESSIONANTE JARDIM DA TUMBA EM JERUSALÉM.

FILME: O APOCALIPSE DE JOÃO.

 FILME: O APOCALIPSE DE JOÃO.

O RIO DA VIDA EXISTIRÁ NA NOVA TERRA?

 O RIO DA VIDA EXISTIRÁ MESMO NA NOVA TERRA? O QUE DIZ A BÍBLIA: SÍMBOLO OU FATO?

Popular Posts

*******




*