***

Teste Teste Teste

PARCEIRO

Leia BUSK BÍBLIA

4ª PARTE: A HISTÓRIA DE ANNE FRANK E SEU DIÁRIO.




No fim desta matéria você poderá baixar o livro “O Diário de Anne Frank” em PDF. É só clicar na imagem do livro.

Palavras de Melp Gies: “Nós não sabíamos que criança inteligente ela era. Nós não sabíamos por causa do medo de cuidar de onze pessoas todos os dias, e principalmente do perigo.”

O perigo parecia se aproximar. Varias vezes ladrões entraram no deposito em baixo. Era ainda mais assustador quando a polícia chegava até a estante que ocultava o esconderijo.




Eles se encolhiam na cama enquanto os bombardeios aliados e o fogo antiaéreo alemão iluminavam a escuridão. Mas eles se animaram quando em 1944 a rádio anunciou a invasão do dia D. Após dois longos anos de isolamento achavam que os aliados venceriam os nazistas a tempo, mas Anne teve uma premonição que o pior ainda estava por vir.

“Vejo o mundo sendo lentamente transformado num deserto. Ouço o trovão que se aproxima, e que um dia nos destruirá também. Sinto o sofrimento de milhões, e no entanto, quando olho para o céu, sinto que tudo vai mudar para melhor, que esta crueldade vai terminar, que a paz e a tranquilidade mais uma vez reinarão. Enquanto isso, devo me agarrar aos meus ideais. Talvez um dia eu seja capaz de concretizá-los.” Anne Frank.


Em 01/08/1944 Anne escreveu pela última vez no diário. Não conseguiria contar o resto da sua história. O que aconteceu em seguida foi bem pior do que tudo o que ela imaginava.

Três dias após seu último registro no diário Anne Frank e seus parentes foram traídos e presos.

É muito importante saber o que aconteceu após a prisão. O diário termina, e a história que a tornou mundialmente famosa também termina antes que os horrores começassem num dos lugares mais infernais da terra.

No dia 04/08/ 1944 amanheceu lindo e ensolarado. Anne e seus companheiros ansiavam sentir o ar fresco após dois anos escondidos. Naqueles dias de verão o medo constante misturava-se a esperança. A invasão aliada prosseguia na Europa, e parecia que talvez eles logo poderiam sair. Mas sairão antes do que imaginavam... Naquela manhã alguém ligou para a polícia e disse que judeus estavam escondidos na rua Prinsengracht.

Palavras de Melp Gies: “Não ouvi a porta abrir. Mas vi um homem na minha frente, com uma arma. Disse, “Por favor, não fale, não fale alto”. Pode imaginar como fiquei chocada. Não consegui dizer nada. Ele se aproximou de mim. Chegou tão perto que senti sua respiração. Disse, “Não tem vergonha de ajudar judeus? Deveria receber o castigo máximo. E sabe qual é”.



Os nazistas pareciam saber exatamente aonde ir. Os homens foram direto para a estante e abriram a porta que levava ao Anexo Secreto. Procurando objetos de valor, um deles pegou uma pasta e a virou, derrubando papéis pelo chão.

Os Frank, os van Pels e Fritz Pfeffer foram todos presos. Melp Gies e Ellie conseguiram escapar. Tiveram que assistir impotentes enquanto Anne Frank e os outros foram obrigados a sair da casa, entrar num caminhão e partir.

Até hoje ninguém sabe quem traiu a família Frank e os amigos. Havia gente na Holanda perseguindo judeus. Iam a lojas, a cafés, e ficavam atentos, tentando ouvir ou ver algo estranho, então a traição pode ter vindo de muitos lados.




Melp Gies esperou até quando se sentiu segura e então foi ao Anexo e encontrou o caos.

Palavras de Melp Gies: “Todos os jornais estavam espalhados pelo chão. Nós vimos o diário. Eu disse, “Ellie, é o diário de Anne, pegue-o!” E nós recolhemos tudo. Tínhamos esperança de que eles voltassem. Eu queria ver o sorriso de Anne quando lhe devolvesse o diário. Queria ver o sorriso daquela menina.”

Mas Anne não sorriria mais. Seus piores medos estavam prestes a se concretizar. Os nazistas os levaram aos quartéis da Gestapo, de lá foram para uma prisão no centro. Quatro dias após a captura, foram colocados num trem que os levou até o campo de concentração de Westerbork no interior da Holanda.

Anne ficou feliz em respirar ar fresco após vinte e cinco meses de confinamento, mesmo cercada por arames farpados. Mas, os Frank logo descobriram que Westerbork era apenas um campo provisório. Todas as terças trens partiam para o leste. 




Ninguém em Westerbork sabia ao certo o que os aguardava lá, mas todos tinham medo. Vagões de gado partiam para destino desconhecido. 95% das pessoas achavam que eram campos de trabalho, mas eram campos de extermínio.

Às 6:00 hs da manhã do dia 03/09/1944, após menos de um mês em Westerbork a família Frank esteve entre os milhares dos vagões de gado que os levaram para Auschwitz. O trem foi o último que saiu de Westerbork rumo ao campo de extermínio.

Depois de dois dias nos vagões sem lugar para sentar ou dormir, sem ar, sem comida e sem banheiro, muitos passageiros entraram em choque.

Quando a família chegou a Auschwitz não tinha ideia de onde estava. Em Auschwitz os prisioneiros foram divididos. Os velhos os doentes e as crianças foram imediatamente para as câmaras de gás. Anne escapou a este destino, pois parecia um pouco mais velha.

Até então os Frank tinha tido sorte; pelo menos estavam juntos, mas tudo estava prestes a mudar.

Enquanto a multidão descia do trem Otto Frak foi arrancado dos braços da família. Anne, Margot e a mãe o viram pela última vez enquanto eram empurradas para o alojamento feminino. Enquanto tremiam de dor e medo, oficiais alemães mandaram que tirassem as roupas e rasparam seus pelos e cabelos. Anne perdeu os longos cabelos pretos de que tanto se orgulhava e seu vestido leve de algodão logo ficou infestado de insetos, mas pelo menos Anne, Margot e sua mãe tinham umas as outras.

Naquelas condições dramáticas o atrito entre mãe e filha desapareceu. Tudo o que importava era sobreviverem juntas. 


Mas chegou o dia em que Anne e Margot foram separadas da mãe. Devido o avanço do exército vermelho, os alemães tinham pressa de desativar Auschwitz e esconder as provas dos seus crimes. Em 28/10, 1944, Margot e Anne viram a mãe pela última vez quanto foram colocadas num trem para irem para um outro campo de concentração: Bergen-Belsen.


Parte 5: A HISTÓRIA DE ANNE FRANK E SEU DIÁRIO.




Para baixar o livro em PDF “O Diário de Anne Frank” , click na imagem abaixo:



PDF Livro: "O Diário de Anne Frank."





Por: James Alex G.Pires











***

*******

 Ultimato Estudos Bíblicos Aprofundados.

CURTIR

Total de visualizações

APÓCRIFO DE ENOQUE E A BÍBLIA SAGRADA


 

ASSEMBLEIA DE DEUS ENSINA SOBRE O CÉU

 O QUE AS ASSEMBLEIA DE DEUS ENSINAM SOBRE OS CÉUS R O PARAÍSO?

DENÚNCIAS CONTRA IGREJAS? POR QUÊ?

 POE QUE PASTORES DE RENOME ESTÃO DENUNCIANDO OUTRA IGREJAS?

NO CÉU VEREMOS DEUS E JESUS

 NO CÉU VEREMOS DEUS E JESUS?

COMO A BÍBLIA DESCREVE A VOLTA DE JESUS?

 COMO A BÍBLIA DESCREVE A VOLTA DE JESUS CRISTO?

A HISTÓRIA DE SATANÁS E OS ANJOS CAÍDOS

 SATANÁS E SEUS ANJOS CAÍDOS AINDA TÊM ACESSO AOS CÉUS DE DEUS?

REAL: A MENINA QUE VISITOU O PARAÍSO

 A INCRÍVEL HISTÓRIA DE ANNABEL, A MENINA QUE VISITOU O PARAÍSO DE DEUS.

O RIO DA VIDA EXISTIRÁ NA NOVA TERRA?

 O RIO DA VIDA EXISTIRÁ MESMO NA NOVA TERRA? O QUE DIZ A BÍBLIA: SÍMBOLO OU FATO?

O QUE POUCOS SABIAM SOBRE O APOCALIPSE

 O que quase ninguém sabia sobre o Apocalipse.

COMO SERÁ A NOVA TERRA NA ETERNIDADE?

 A BÍBLIA DIZ COMO SERÁ A NOVA TERRA NA ETERNIDADE?

AS 2 FORMAS DE MILÊNIO: VC CRÊ EM QUAL?

 AS DUAS FORMAS DE MILÊNIO: EM QUAL VOCÊ ACREDITA?

OS ANJOS ESTÃO ENTRE NÓS?

 OS ANJOS ESTÃO ENTRE NÓS?

A TUMBA DO JARDIM EM JERUSALÉM..

 O IMPRESSIONANTE JARDIM DA TUMBA EM JERUSALÉM.

PASSEIO VIRTUAL POR JERUSALÉM.

 PASSEIO VIRTUAL POR JERUSALÉM.

TUDO O QUE OS DESIGREJADOS FAZEM.

 DESIGREJADOS: COMO SE REÚNEM, O QUE ENSINAM?

GRAÇA OU CARIDADE: QUAL A SUA ESCOLHA?

 O AMOR DO APÓSTOLO JOÃO NA ILHA DE PATMOS.

FILME: O FILHO DE DEUS. COMPLETO E EM BR

  Filme "O Filho de Deus". Completo e dublado.

FILME EM HD: VOCÊ ACREDITA?

 FILME: VOCÊ ACREDITA?

FILME: O APOCALIPSE DE JOÃO.

 FILME: O APOCALIPSE DE JOÃO

Popular Posts

*******




*